domingo, agosto 28, 2011

Sintra Portugal Pro 2011 - 5º e 6º dia

bb260820112bPraiaGrandeFinal
Termina este domingo na Praia Grande, a etapa do mundial IBA e ETB do circuito Europeu de Bodyboard, que temos vindo a acompanhar. Hoje publicamos alguns apontamentos fotográficos das provas de sexta-feira e de ontem.
As ondas, o sol e a espectacularidade desta modalidade, permitem este ano um balanço muito positivo da etapa portuguesa do mundial de bodyboard.

bb270820119126aPraiaGrandeFinal

bb2608203PraiaGrandeFinal

bb260820119030PraiaGrandeFinal



bb260820118974aPraiaGrandeFinal

bb27082011PGrandeSintraPro

6 comentários:

Anónimo disse...

Sem duvida espetacular o desporto, mas... um nojo o campismo selvagem, as caravanas, as tendas, o carros onde se dorme. São dezenas deles estacionados na Praia Grande e arredores. Isto tem de ser denunciado! Poderia fazer uma reportagem sobre o amanhecer na praia, fotografando o lixo, o esgotos ao ar livre, os despojos da noite, os diversos contentores de lixo a abarrotar. Enfim... Sintra património Mundial é isto?

pedro macieira disse...

Caro anónimo,
Acompanho esta prova na Praia Grande desde 2007.Lembro-me que o agora fechado parque de campismo da Praia Grande, albergava grande parte dos participantes da prova - o conflito de interesses que o fechou, criou um problema logístico grave na Praia Grande e arredores.Tenho este ano acompanhado diáriamente a prova, o que me obriga a chegar à Praia todos os dias muito cedo, ainda a praia está vazia e muitos dos participantes a dormir. Alguns nas Auto caravanas e e outros em algumas (poucas tendas) no areal.
Tenho tido o cuidado de observar os impactos causados pela ocupação de parte da Praia com os contentores da organização ( o que causa grandes transtornos ao estacionamento dos carros dos frequentadores da praia nesta semana de provas)-e também com atitude dos muitos acompanhantes e participantes do evento.
Ao contrário de outra tribos, esta a do bodyboard parece-me bastante civilizada, e a quase maioria não será adepta de bebidas com alcool - embora haja possibilidade de se encontrar vestígios que denotam falta de algum civismo naquele espaço que é publico, mas isso também acontece durante o resto do ano naquele local ( hoje às 8h00 estava uma garrafa de vidro de vodka vazia abandonada em cima de uma dos banco da Praia).não consigo atribuir que essas situações sejam só da responsabilidade dos acompanhantes do bodyboard.(o espaço continua a ser utilizado por toda a gente).
Não conheço que tipo de intervenção na limpeza diária tem a CMS e a junta de freguesia, de forma a manter o local devidamente limpo - mas hoje de manhâ (8hoo) o areal estava já limpo - e não vejo nenhum caos que me tenha preocupado.
Reparo na ausência de instalações sanitárias para apoio dos espectadores da prova - coisa que em Ribeira de Ilhas, na Ericeira durante uma prova se Surf recentemente,existiam em grande número para um número de espectadores muito menor.

Também sei que há uns anos foi instalada na Praia Grande um contentor com sanitários durante o período balnear e passado algum tempo foi vandalizado...
Mas os aspectos que refere são importantes e deverão ser corrigidos e solucionados em próximas organizações desta prova tanto pela CMS, que é patrocinadora como pela Federação Portuguesa de Surf.
Alguns dos aspectos que refere são questões da responsabilidade da CMS, e da Junta de Freguesia e afectam a Praia Grande durante todo o ano e não se pode culpar o evento do bodyboard de causar tudo isso - a questão já levantada por outros leitores dos tais esgotos, a incapacidade na resolução do Parque de campismo, a questão das roulotes e autocaravanas, o estacionamento - são questões que devemos pressionar a CMS para encontrar uma solução.
Por outro lado esta semana de bodyboard na Praia Grande tem sido bom para a indústria da restauração tanto na Praia Grande como na Praia das Maçãs, já não falando na ocupação de quartos no motel da Piscina da Praia Grande,e em outros estabelecimentos dos arredores.
Mas como também diz "Sintra património Mundial" deveria ter parte destas questões bem resolvidas.
Um abraço e obrigado pelo comentário.
Pedro Macieira
Ps Desta vez aproveito o seu comentário - mas voltarei ao assunto com mais profundidade em breve

NS disse...

Mais uma vez, excelentes fotos!

Cumps
Nuno Saraiva

pedro macieira disse...

Correcção do meu comentário de resposta a anónimo:
Existe de facto duas casas de banho instaladas junto aos contentores do lixo -aspecto que não mencionei no meu comentário. Também ontem (domingo, 8h00), os contentores de lixo em frente aos contentores da organização da prova - estavam cheios mas devidamente fechados não se encontrando no chão qualquer lixo.

pedro macieira disse...

NS,
Obrigado pelo comentário
Um abraço

Fatyly disse...

Infelizmente o Parque de Campismo da Praia Grande encontra-se fechado há anos e a ocupação da zona envolvente não é culpa da organização deste evento e muito menos dos participantes e muito menos dos que gostam de ir ver.
Não sei as razões do fecho do parque, só sei que muita gente fazia do parque "uma 2ª habitação" que de tendas já havia autênticas casas de cimento.
O ano passado ainda estacionavam as auto-caravanas ou caravanas, bem como no terreno em frente do mesmo e este ano não.
Coisas que me ultrapassam e como também vou cedissimo, não tenho visto tanto lixo como vejo durante o ano sobretudo num sábado ou num domingo depois de uma noite "bem regada" em discotecas e bares envolventes!

As imagens estão fabulosase gostei do que li bem como os comentários.