domingo, agosto 07, 2011

Três cavalos belgas na Serra de Sintra II

Aproveitando um texto publicado na revista "Voz do Campo", retomamos hoje o tema dos três cavalos de raça Ardennais do Parque da Pena, assunto referido - aqui, em 21 de Julho de 2011.

ParquedaPenaArdennais3
O EngºNuno Oliveira que gere o projecto de reintrodução de cavalos de tiro nos trabalhos florestais e o Ardennais Kali.


"(...)a PSML iniciou, em 2010, um projecto para a recuperação de métodos tradicionais de trabalho na exploração e manutenção florestal, nomeadamente a utilização de cavalos. Isto porque, numa óptica de gestão sustentável das florestas, a mecanização florestal é restringida sempre que a topografia do local é acidentada, o risco de erosão do solo é elevado e coloque em risco valores importantes para a preservação do património natural e cultural, como são exemplo as áreas geridas pela PSML na Serra de Sintra - classificadas como Rede Natura 2000 e Paisagem Cultural da Humanidade (UNESCO, 1995)."


ParquedaPenaAndernnaisEmiliaReis
Além do trabalho na floresta, os Ardennais serão atrelados a uma charrete de 12 lugares, que possibilitará aos visitantes um passeio pelo parque, mais confortável e menos cansativo. (Foto de Emília Reis)

"Como outrora, os cavalos podem também ser utilizados na atrelagem, em práticas agrícolas, na recolha de resíduos, na limpeza de estradas e caminhos e em actividades educativas e recreativas nos Parques."

ParquedaPenaArdennais6
"Com vista à introdução de cavalos de trabalho na Serra de Sintra, a PSML estabeleceu contactos com o Centro Europeu do Cavalo, nomeadamente com o seu director Pierre Arnoud (Centre Européen du Cheval, localizado perto de Liège, instituição do Governo Belga vocacionada exactamente para manter viva esta prática florestal), com o qual veio a contratar o apoio logístico e de consultoria ao projecto, a aquisição de três cavalos e a formação de técnicos portugueses.
Em 2011, o projecto concretizou-se e a 21 de Abril chegaram ao Parque da Pena, três cavalos da raça Ardennais: o Kali, o Valseur e o Medhi. A opção por esta raça deveu-se ao facto deste tipo de cavalos serem muito populares para trabalhos na floresta, por serem relativamente pequenos, ágeis, muito fortes, e de temperamento muito dócil. Esta é uma das raças mais antigas e bem documentadas em toda a Europa.(...)"
ParquedaPenaArdennais2011
Texto integral da "Voz do Campo"- aqui
ParquedaPenaArdennais2

Sem comentários: