segunda-feira, julho 16, 2012

A Câmara Municipal de Sintra o Eléctrico e o Verão de 2012

GaragemRibeiradeSintra2012
 A frota do eléctrico confinada à garagem da Ribeira de Sintra desde Outubro de 2011

 Em pleno mês de Julho, começou-se  finalmente a ouvir falar do Eléctrico da Praia das Maçãs –a RTP, a SIC, também o jornal “Público”  de 6/7/2012, com uma entrevista a Fernando Seara, que se mantinha em silêncio total sobre o centenário transporte de Sintra, desde Outubro de 2011.

Segundo a teoria do "efeito borboleta" o bater de asas de uma simples borboleta poderia influenciar o curso natural das coisas e, assim, talvez provocar um tufão do outro lado do mundo.Em Sintra aconteceu esse efeito, em Outubro de 2011, uma forte ventania fez com que uma árvore caísse sobre um poste da linha aérea do eléctrico em Monte Santos – a partir desse momento um  denso nevoeiro de silêncio envolveu o eléctrico, provocando a paragem da sua circulação, esse silêncio prolongou-se até Julho de 2012. Esta situação degradou-se ainda mais com um roubo de 200 metros de fio de cobre no percurso da Ribeira de Sintra  em Fevereiro deste ano -situação que remeteu toda a frota do eléctrico na Ribeira de Sintra, até hoje.

Photobucket
 Foto da reportagem da Sic, da semana passada com um antigo guarda-freio do eléctrico da Praia das Maçãs

Na semana passada, os responsáveis autárquicos  e  a comunicação social,  quebraram o longo silêncio e noticiaram  as razões  oficiais da inactividade do tradicional eléctrico da Praia das Maçãs - associando-se aos vários alertas que este blogue solitáriamente tem publicado - sobre o estado de  degradação, que  a rede do eléctrico está a sofrer, sem que se tenham  tomado as medidas de manutenção  que eram exigidas para uma linha  férrea de um transporte com o  valor histórico como o eléctrico da Praia das Maçãs. O eléctrico, faz parte da imagem de Sintra e é muito  procurado por muitos visitantes, que este ano se queixam da não existência  de  nenhuma informação sobre a  sua não circulação.

 É ao jornal "Público" que  Fernando Seara,  afirmou que “ vai gastar mais de 150 mil euros para repor o eléctrico em funcionamento. O que se espera até ao fim de Julho”.

Faltam portanto 16 dias para o fim de Julho.

Nota- Também a 12 de Julho, o blogue "Retalhos de Sintra" da autoria de Fernando Castelo, refere a situação do eléctrico de Sintra -Aqui

1 comentário:

Sandra disse...

Julho de que ano?