sexta-feira, julho 06, 2012

Visitar o Parque da Pena de charrete

Parque daPenaCharrette
 Foto da PSML

A Parque de Sintra Monte da Lua inaugurou nos finais de  Junho passeios de charrete no Parque da Pena -o passeio, com uma duração aproximada de 20 minutos, pode incluir até 6 adultos, ou 4 adultos e 4 crianças. Nesta viagem, os visitantes podem requerer também previamente o acompanhamento de um guia especializado da Parques de Sintra.

 Os passeios de charrete  no Parque da Pena integram-se num projecto da Parques de Sintra de reintrodução de técnicas tradicionais e ambientalmente sustentáveis na exploração e manutenção de áreas florestais. Para tal, chegaram em 2011 ao Parque da Pena três cavalos da raça Ardennais: o Kali, o Valseur e o Medhi.

Desta forma, todas as 3ªs, 5ªs e 6ªs feiras, entre as 10h e as 16h30, será possível a qualquer visitante adquirir um bilhete para passear de charrete entre os Lagos do Parque da Pena e o Chalet da Condessa d’Edla, em contacto direto com os cavalos Ardennais que vivem no Parque, conhecendo também a Quinta da Pena (e animais que a habitam) e Jardim da Condessa d’Edla, incluídos no percurso.


É também possível, a quem o pretender, efectuar uma reserva prévia da charrete para um passeio privado, inclusive noutro horário ou data.

 Passeios de Charrete
Horários:
Lagos à Chalet da Condessa d’Edla: 10h00, 11h00, 14h00, 15h00, 16h00
Chalet da Condessa d’Edla à Lagos: 11h30, 13h30, 14h30, 15h30, 16h30
Duração: 20 minutos
Preços (suplemento ao bilhete para o Parque de Pena):
Adultos – 3€
Crianças até 12 anos – 1,50€
Crianças até 3 anos – gratuito
Nota: horários e datas podem sofrer alterações. Acompanhamento de guias e/ou reservas privadas devem ser realizados previamente.

*Fonte:Adaptado de um texto da PSML

5 comentários:

Carlos José Santos disse...

Amigo Pedro Macieira, hoje com base nesta sua notícia, que certamente alguém lhe deu errada, fui com a minha família, para fazer o percurso de charrete, nos famosos cavalos Belgas, mas bati com o naris na porta.
Em primeiro lugar o serviço, só era para se realizar 3 vezes por semana, fim de semana excluído. Em segundo lugar a charrete já está fora de circulação, porque teve uma avaria!..., justificação mal dada para um serviço, que me parece já não tem pernas/rodas para andar, mas deve dar muito trabalho...
Foi uma pena porque estavamos todos empolgados para fazer o percurso, que foi feito na mesma mas a pé.
Depois, e já agora em jeito de desabafo, a empresa Municipal que explora o recinto, está mal servida de pessoal, chega uma família, em que eu me identifico como morador, tive que mostrar a carta de condução, não há leitor para cartões de cidadão, no portão dos lagos, o meu genro identificou-se como morador mostrando o seguro do automóvel, já que a carta tem a morada antiga, a minha filha ficou por identificar, bem como as minhas netas por terem só o cartão de cidadão, para eles ilegível, e tivemos que vir de novo a casa buscar elementos para a restante família, porque a pequena não teve, nem descerenimento nem flexibilidade para nos deixar entrar como residentes. Se o marido da minha filha estava identificado, eu identificado, a minha filha fazia prova sem leitor como era minha filha, as minhas netas todas menores viviam onde?
Com gente desta, este país tem a governação que merece.

pedro macieira disse...

Caro Caínhas,
Lamento os problemas que um texto que publiquei, transcrição parcial de um texto que a PSML me enviou lhes causaram - de facto há no texto que recebi um parágrafo que não transcrevi lamentavelmente:
"Desta forma, todas as 3ªs, 5ªs e 6ªs feiras, entre as 10h e as 16h30, será possível a qualquer visitante adquirir um bilhete para passear de charrete entre os Lagos do Parque da Pena e o Chalet da Condessa d’Edla, em contacto direto com os cavalos Ardennais que vivem no Parque, conhecendo também a Quinta da Pena (e animais que a habitam) e Jardim da Condessa d’Edla, incluídos no percurso."

Parágrafo que por lapso não ficou no resumo que publiquei no post.
Peço de novo as minhas dsculpas, e irei fazer a devida correcção, agora mesmo.
Um abraço

Flor disse...

Gostaría de saber se a charrete já está operacional.

Flor disse...

http://conversasdecafe-flor.blogspot.pt/2011/06/caballos-limpiar-la-mata-en-sintra.html

pedro macieira disse...

Flor,
Não consegui confirmar se a charrete já está operacional - o que farei logo que possivel.

Também tenho acompanhado com todo interesse os cavalos ardennais na sua ambientação à serra de sintra.

http://riodasmacas.blogspot.pt/2011/08/tres-cavalos-belgas-na-serra-de-sintra.html
Li também o interessante post em espanhol sobre o assunto.
Um abraço