sábado, julho 21, 2012

Porque hoje é Sábado...

7 comentários:

Fatyly disse...

Deus nunca fecha uma porta sem abrir uma janela e depois do muito que passei tive a sorte de uma das filhas morar há anos nessa zona e quando fico com as netas desfrutar de tudo que aqui é mostrado...em termos de paisagem, calmaria, natureza e a minha perdiçã... a ribeira de Colares.

Ando muito a pé com elas e quando regresso a onde moro8 não a muitos kms) é como sair do paraíso e entrar no inferno.

Adorei este video e a letra e música são imensa belas.

Obrigado

Carlos José Santos disse...

É bom recordar, neste caso o José Fernandes, recuar mais de 50 anos, e lembrar-me da Orquestra Regional de Colares, onde ele era figura de proa.

R.Martins disse...

Como é Bom recordar o Nosso Poeta !
Obrigado Vizinho Pedro !
Amigo Cainhas , deves estar a referir-te á Orquestra Imperial de Colares !
Abraço !
R.M.

pedro macieira disse...

José Fernandes Badajoz é uma referência importante para o Mucifal, que não o deixou esquecido e é sempre recordado com saudade.
Abraços

Carlos José Santos disse...

Já não fui a tempo de emendar, antes de ser emendado. Estava eu a pensar no que escrevera, e, disse; - Tenho que ir emendar ou melhor, dizer que onde se lê Regional se deverá ler IMPERIAL, Orquestra essa onde além do poeta cavador, também cantava o Sr. Recto, que trabalhava na CRGE, hoje EDP, tal como o Quim, baterista, e outro bom músico, o trompetista Fernando Moreira, lembro-me das caras de alguns outros, do trombone de vara, com quem cheguei a tocar nas filarmónicas, de Sintra e Colares, chamar-se-ia Júlio? e um senhor forte que tocava sax-alto.

pedro macieira disse...

Caínhas e Raul Martins,
lembrei-me deste post no blogue "Notícias de Colares":

http://freguesiacolares.blogspot.pt/2009/04/memorias-da-nossa-terra.html

Que tem uma foto da Orquestra Imperial de Colares.
Abraços

Carlos José Santos disse...

A foto que o Pedro referencia da Orq. Imp. de Colares, é muito primitiva, estão lá todos os que conheci, reconheci o senhor que está do lado esq. era Sax-tenor salvo erro, o do meio foi o que eu já referenciei, tocava clarinete e sax-alto, o baterista não me pareceu ser o Quim, ou seria o mas muito mais novo e mais magro. O sr. José Recto, ainda não pertencia nesta altura da foto.