quarta-feira, julho 11, 2012

Notícias do Eléctrico da Praia das Maçãs

Photobucket
Jornal "A Capital" de 18 de Agosto de 2002

 Na última semana  voltou-se a ouvir falar do eléctrico da Praia das Maçãs. O presidente Fernando Seara, depois de um longo silêncio, justifica  a inactividade actual do eléctrico num artigo do jornal  Público de 6/7/2012, assinado por Luís Filipe Sebastião,  em que  afirma  que  “contas feitas  às três intervenções “ motivadas pela danificação de uma cantenária, pela queda de uma árvore em, 27 de Outubro de 2011 e dos roubos de cobre,  na recta da Ribeira de Sintra em Fevereiro último, irá a CMS “irá gastar mais de 150 mil euros para repor o eléctrico em funcionamento, o que se espera até ao fim de Julho”

Também o vizinho Miguel Esteves Cardoso, dedica a sua  atenta coluna diária, no Público de 8/7/2012,  com o título: “O eléctrico das Maçãs”, em que considera  que “É estranho entrar no mês de Julho sem o ouvir  tilintar.Embora haja  alguns turistas que aproveitem o eléctrico para dar um passeio maravilhoso de ida e volta com o troco de uma nota de cinco euros, são muitas as sintrenses e alguns sintrenses que o usam como excelente meio de transporte que é.”

Temos considerado há muito tempo, que  a manutenção do histórico eléctrico, em funcionamento é uma prioridade para Sintra - embora Fernando Seara só agora  venha justificar a sua longa paragem, seria  do interessse dos sintrenses e dos visitantes de Sintra, que este silêncio tivesse sido quebrado há mais tempo

7 comentários:

BRUXA disse...

Foi com grande tristeza que em Junho, estando em Sintra com um grupo de turistas, tenha ouvido dizer que, ainda nao se sabia quando este eléctrico, voltaria a funcionar.
Este eléctrico é, penso eu, tal como os eléctricos de Lisboa, uma atracao turistica e deveria por parte da Camâra, logo no inicio do Verao=Junho, estar preparado para as suas "voltinhas"!

Flor disse...

Outro robo de cabos e de peças em cobre.
Agora ainda vai ser mais difícil eu andar no eléctrico que eu adoro e que faz parte das minhas recordações de infância.

É urgente o albergue dos eléctricos parados terem um portão e video vigilância.

Flor disse...

Desculpa a minha intromissão mas se alargares o esquema do teu blogue na parte das mensagens, assim as fotografias não sobrepõem os dados que tens na lateral direita.
O que achas!

Gostei do teu blogue encontrei-o por causa do roubo do cobre nos lindos electricos de Sintra.

Um abraço
Flor

pedro macieira disse...

Flor,
Agradeço a dica. De facto existe esse problema no template que uso no Rio das Maçãs - mas como uso diversos formatos nas fotos que publico,isso permite-me não ter nenhum limite no formato que utlizo no momento.O aspecto minimalista é propositado (uso outros templates em outros blogues que tenho),normalmente vou fazendo alterações ao template directamente em HTML - e já fiz várias alterações e esta é a que não causa problemas com os formatos das imagens.Por norma quando publico (há excepções) a 1ª imagem do post é num tamanho maior e não sobrepõe à lista dos favoritos.
Por outro lado só o 1ºpost é que será eventualmente afectado todos os outros 6 da página estão livres da coluna à direita.(espero que explicação não tenha ficado muito confusa)
Um abraço

Flor disse...

Obrigada por teres respondido. Não, não foi confusa. Eu não vou ao html fazer mudanças, eu vou ao esquema e depois ao designer de modelos. Depois utilizo fundos do blogger, imagens minhas ou de outros. No esquema pode-se escolher.

Eu nestas coisas sou miudinha rsrsr, sou mulher rsrsrsrs.

Não sei se já deste uma saltada à minhas "casas", tenho várias só tenho um blog em português o resto é espanhol.

http://osdiasdaflororquidea.blogspot.com
http://conversasdecafe-flor.blogspot.com

Bom fim de semana!

Um abraço.

pedro macieira disse...

Flor,
Obrigado pelo comentário.Irei acompanhar com atenção as publicações dos teus blogues.
Um abraço

pedro macieira disse...

Flor,
Ouvindo várias sugestões sobre o template que usava no Rio das Maçãs,embora reconheça para mim algumas vantagens -resolvi hoje fazer a conversão para um modelo mais actualizado. Agradeço também os teus comentários sobre o assunto, que me fizeram alterar os procedimentos de edição que usava desde 2006.
Um abraço