domingo, novembro 18, 2012

Sintra baixa as taxas de IMI e IRS

sintraaves2 
Notícia do jornal Expresso
O segundo concelho  mais populoso do país, Sintra, baixou ontem a carga fiscal dos seus munícipes, para atenuar o "enorme aumento de impostos" para 2013.
Em decisão tomada por unanimidade, o IMI foi reduzido para 0,39% (era 0,4%) nos prédios já avaliados, e 0,7% nos não avaliados (era 0,6%).
Com esta medida, Sintra "abdica de uma receita adicional de 14 milhões de euros", informa a autarquia liderada por Fernando Seara.
No caso do IRS, em vez dos 5% da coleta no concelho, a Câmara receberá apenas 4%, ficando a diferenças nos bolsos das famílias (que só sentirão o ganho no momento do acerto de contas).
Expresso -Aqui

3 comentários:

Fatyly disse...

Tudo que seja redução é bom mas...

Primeiro o garrote imposto pelo actual (des)governo e depois estes mini-rebuçados ELEITORALISTAS porque não passam disso mesmo.

Afinal há folga e deveriam reduzir ainda mais e abater os seus belos ordenados + reformas e tantas regalias.

pedro macieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pedro macieira disse...

Fernando Seara,"compagnon de route" e Angelo Correia,Presidente da Assembleia Municipal, e mentor e empregador de Passos Coelho,surgem neste capítulo da história como os "policias bons".Primeiro apoiam Passos Coelho, na sua cruel austeridade "custe o que custar", quando chegam a Sintra são "homens bons" que fazem uns descontos na aplicação da austeridade do seu querido líder.
É evidente que o líder afirma que se estará a "lixar para as as eleições", enquanto no terreno os seus fiéis, as preparam.