sexta-feira, novembro 15, 2013

Giga

 "Gigas, já agora é o nome das cestas usadas em Colares para recolher as uvas (Malvasia e Ramisco) para fazer os vinhos de Colares, cada vez melhores, mais raros e apetecíveis.São lindas."
Miguel Esteves Cardoso/Ainda ontem/Público 14/11/2013

Foto de uma giga

Gigas, também usadas como "bóia de salvação", quando nos terrenos de areia, (chão de areia), aconteciam desabamentos sobre os trabalhadores que faziam as profundas valas para colocar as videiras Ramisco (cerca de 3/ 4metros de profundidade), era  atirada a Giga, que colocada rápidamente sobre a cabeça, permitia  assim  ao trabalhador soterrado, continuar a respirar enquanto não fosse retirado a areia daquela cova.


Foto de José Fernandes Badajoz, o Poeta Cavador do Mucifal, junto de uma Giga usada para transporte de uva Ramisco.

Giga(Fr. gigue
f. Selha larga e baixa; canastra em forma de selha.
No Dicionário Complementar da Língua Portuguesa/Augusto Moreno/Ed.1936

2 comentários:

Carlos José dos Santos disse...

No vernáculo também se utilizava o termo "arrear a giga", significava, mandar cá para fora, tudo o que lhe vai na alma, normalmente o que de pior se pode dizer da pessoa/as, ocasião ou situação presente, em que o caldo estava entornado.
Agora o termo está aliado, como sabemos, nós utilizadores deste bem que nos acompanha na modernidade, o computador. É uma unidade de medida, e de capacidade como sempre foi, desta feita da capacidade de armazenamento dos discos, rígidos ou externos.
No fundo sempre foi uma medida, além da utilidade tipo desenrascanso, como salva-vidas de emergência, nas covas das vinhas de chão de areia.
Hoje o meu comentário cheira-me a La Palisse!...

pedro macieira disse...

Caínhas,
O comentário é muito oportuno, e complementa muito bem o post publicado.A giga (cesto de verga)de facto é nos dia de hoje, por baldes de plástico-sinal dos tempos...
Abraço