quarta-feira, julho 24, 2013

A Nova Praia Grande II

PraiaGrande22072013mmBlogue Foto  Praia Grande em 22/07/2013

A baixa maré na Praia Grande  que nos tem maravilhado nos últimos dias, tem sido um assunto muito falado nesta região - embora haja quem garanta que nos últimos 40 anos não teria havido situação como a que  tem permitido, percorrer a zona da  Galé e da Lagoa, possibilitando visualizar o areal da Praia da Adraga  -  um comentário de um leitor informa-nos, que há 20 anos foi possivel passar a pé da Praia Grande para a Praia da Adraga - assunto que continuamos a tentar esclarecer nos próximos dias.

BloguePGrande2013 Vista da zona agora acessível (Galé) para o habitual areal da Praia Grande (foto de 22/07/2013)


Record em número de acessos do Rio das Maçãs no post da Nova Praia Grande

O post que publicámos ontem, provocou  o maior número de acessos que o Blogue Rio das Maçãs, teve até hoje  num único post: 10996. *

Na altura em que o Rio das Maçãs, prefaz o seu sétimo ano de vida é sem dúvida a melhor forma de comemorar mais este aniversário.

*Total de acessos do post até às 0h00 de 23/07/2013
 photo BlogueEstatisticafinal24072013_zpscb85ee5b.jpg A Nova Praia Grande (fotos)-aqui

7 comentários:

Nuno Saraiva disse...

Muitos Parabéns pelo post,e sobretudo pela permanência no activo durante estes sete anos.

Acho que foi muito importante para a região e para a informação que as pessoas têm sobre a sua própria região a existência de diversos blogs em Colares (a que se juntou o Alagamares, vizinho também muito dedicado a Colares).

Cada vez sou mais fã do seu blog, por isso espero que continue, a divulgar tudo o que se passa, na vila e na freguesia de Colares.

Parabéns.

Respeitosamente,
Nuno Saraiva


Carlos José dos Santos disse...

Como leitor assiduo do seu blogue, congratulo-me pelo pico de audiência.
É pena que nem todas as pessoas se atrevam a dar um incentivo, colocando um pequeno comentário.
Assim, não comentando os post's vai-se perdendo a coragem com a pouca interlocução.
Um comentário, é um incentivo, embora as estatísticas não enganem, e nos transmitam o fideback do artigo publicado.
Um muito bem haja, por este local de informação, devoção e cultura, do qual já não prescindo.
Grande abraço, deste seu amigo.
Caínhas

Fatyly disse...

Sempre queleio, comento...e olha Pedro, lembro-me que há cerca de 20 ou um pouco mais, talvez 25 (só estou em Portugal há 35 anos) com as minhas filhas ainda pequenas lembro-me de ir até à Adraga tal como o comentador disse.

Hoje sinceramente não vou até perto dessas arribas, porque respeito os sinais de "perigo de derrocada", já que neste inverno houve uma bem grande perto da zona das pegadas. Acho que falaste disso...para não falar da "crel da PG" que já está totalmente recomposta:)

Fico-me pelas fotos fabulosas que apresentas!

pedro macieira disse...

Obrigado pelos comentários e informações adicionais sobre as memórias de outras marés baixas na Praia Grande.
Ontem (24/07/2013) em que a Baixa-mar era às 22h30 -estivemos lá de novo às 21h00 e foi ainda possível observar as lagoas e a zona da Galé -Fotos que publicaremos durante o dia de hoje.
Também o interesse motivado por este fenómeno da natureza tem provocado um número de acessos fora do normal, neste momento só este post, já ultrapassou os 20.000 acessos.
Cumprimentos

fatima antunes disse...

Os meus Parabéns pelo seu interessantissimo blog que sigo com o maior interesse. Desejo-lhe as maiores felicidades e que nunca lhe falte a inspiração

LBG disse...

Optimos artigos e optimas fotos, como sempre!
Mas uma curiosidade: a quantidade de acessos oriundos dos EUA e da Federação Russa!? Todos "interessadíssimos" na nossa Praia Grande... Como diria o Futre, «vão vir charters deles só p'ra ver as arribas da Praia Grande!»
(Julguei que a "coisa" só se notava quando as visitas eram poucas e meia dúzia de bisbilhoteiros profissionais não passavam despercebidos. Já vi que o "interesse" é proporcional. Fico muito mais descansado!)
Abraço e continuação.

pedro macieira disse...

Obrigado pela visitas e comentários. Sendo esta situação da Praia Grande, inesperada e de um beleza que deixa todos que tiveram a sorte de visitar o local, maravilhados -as fotos que tive a sorte de conseguir na primeira visita que fiz -permitem ter uma pequena ideia do que a natureza permitiu ver desta vez.Mais de 28.000 acessos dão alguma indicação do interesse da transformação daquela praia embora sendo efémero, e talvez essa a principal vantagem, pois será sempre um local preservado - mas neste momento todos temos uma maior informação do que existe no prolongamento da Praia Grande e na sua ligação com a Adraga.
Abraços