quarta-feira, julho 17, 2013

Nota sobre a Urbanização de Sintra III

CabodaRoca05072013blogue
Foto Cabo da Roca

"A serra de Sintra e toda a região circunvizinha, com as suas bonitas localidades de estadia de Verão, como Colares e os seus arredores, representam, pela beleza do sítio, uma grande riqueza nacional que é essencial proteger contra a invasão dos loteantes, dos construtores de prédios de rendimento e dos industriais. Toda esta região deve ficar tão densamente arborizada como está actualmente, e os espaços rurais que fazem parte dela devem conservar o seu aspecto campestre, para que as grandes vistas panorâmicas que constituem o encanto dos caminhos da serra não sejam estragadas pelo aparecimento súbito de qualquer aglomeração de carácter urbano, qualquer fábrica ou qualquer volumoso edifcío, desproporcionalmente alto em relação às bonitas pequenas casas aldeãs destes lugares.(...)"

 "III-Protecção, com Região de Turismo e de Passeios, de toda a Serra de Sintra e dos espaços rurais que a cercam" em "Urbanização de Sintra  Ante-Plano -1949"

1 comentário:

El Gato disse...

Esse é o plano de urbanização de Etienne De Groer? Onde isso lá vai. Foi deitado para o lixo e surgiram pérolas como o Cacém, Marcês e sítios semelhantes. No outro dia estava a passar num sítio chamado Tala, olhei e no horizonte vi uma "coisa" que não consegui identificar mas parecia mesmo Bucareste no tempo do Ceauzescu.