quinta-feira, maio 15, 2014

Notas sobre a Quinta da Ribafria (actualizado)

"Vários autores têm considerado que Gaspar Gonçalves fez erguer a sua torre logo em 1536, data em que se instituiu o morgado e impeliu o cavaleiro ao uso do apelido de Cabriz"
(Maria teresa Caetano /Do solun ao solar,uma praxis renascentista na quinta da Ribafria)



No dia 17 de Dezembro de 2002, a Câmara Municipal de Sintra, tornou-se proprietária da histórica Quinta da Ribafria, tendo exercido o direito de preferência. Quinta que pertencia desde 1988 à Academia  Liberdade e Desenvolvimento/Instituto Sá Carneiro, organização do PSD.

 
A mãe-de-água  da Quinta da Ribafria


Revista Ilustração nº86, de 16 de Julho de 1929


Post relacionado sobe a Quinta da Ribafria:
 http://riodasmacas.blogspot.pt/2011/01/quinta-da-ribafria.html

2 comentários:

Fatyly disse...

As Câmaras tornam-se proprietárias e tudo continua na mesma, investido o dinheiro noutras coisas que não deviam e ou em proveito de muitos amigos dos amigos.

É uma pena...

Fatyly disse...

NÃO PUBLIQUES PF

Já leste esta notícia?

http://www.dn.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=3864925

Há 26 anos aberto e o dono precisa da ajuda do Estado, porquê? Eu vejo sempre com turistas...acho é que o homem fartou-se e aproveita a onda

Mais valia tirarem à Fundação do Mário Soares e dar a esta que recebe tantos turistas e não só!