sábado, janeiro 09, 2010

As Tílias não morrem de pé!

Photobucket

Photobucket
A foto de hoje e de Dezembro de 2007 do Largo 1ºde Dezembro em S.Pedro de Sintra

A intervenção que decorre em Sintra da "Estradas de Portugal" e com a presença da CMS, no Largo 1º de Dezembro em S.Pedro, onde estivémos hoje, salda-se por um abate de uma tília de algum porte e com grandes cortes radicais (poda?) em duas outras tílias que ornamentavam aquele largo.

O abate da tília maior foi justificado no local, pela doença que árvore teria.Esperamos o que o diagnóstico esteja devidamente fundamentado... pois em caso contrário a perca para Sintra já é real.

Tilias1Dezembro820102

A amável colaboração de um leitor deste blogue permite-nos a publicação da foto, posterior à nossa presença no local, em que o tronco da tília maior já estava completamente cortado.
image0801299

10 comentários:

Anónimo disse...

Pois, também por lá passei esta manhã e o tronco da tília maior ainda não tinha sido totalmente cortado. Conversei com os funcionários da Câmara que estavam a cumprir ordens, assim me afirmaram e, disseram-me, que a árvore estava doente e que naquele lugar iria ser plantada uma outra.
Quem fez o diagnóstico da doença eles não souberam explicar-me, mas, fiquei com a impressão de que a ordem teria partido da Direcção de Parques e Jardins da CMS.
Faz dó olhar para a fotografia da árvore ainda há poucos dias vestida de folhas e enfeitada com as luzes de Natal e,... agora.
Será que não existem produtos no mercado para poderem ser tratadas as árvores, sem serem abatidas desta forma?
emília reis

Anónimo disse...

Só agora reparei que a primeira fotografia foi tirada no Natal de 2007, mas, o meu espanto mantém-se.
ereis

Anónimo disse...

De 5 tilias em 2007, estamos reduzidos a 3... para o ano não resta nenhuma!!!

Anónimo disse...

Agora sobram 2 (dois) coutos de tílias ... :(

pedro macieira disse...

Aguardo um parecer sobre a "técnica" utilizada para podar as duas tílias sobreviventes.
Embora no local me tivesem afirmado que era assim que se fazia antigamente...

Chegam informações a este blogue, que outras intervenções em árvores noutros locais de Sintra, bastante serão bastnte discutíveis.

Será necessário que os que gostam de Sintra e da sua paisagem,acompanhem estas intervenções de forma a questionar os responsáveis pela condução deste processo de forma a evitar casos em que possa haver erros técnicos de análise e execução que lesem as árvores e Sintra irremediávelmente.

Abraços

Anónimo disse...

Afinal... pouca gente se importa com os cortes de árvores ...

Anónimo disse...

Uma a uma vão desaparecendo as árvores dos nossos jardins para não darmos muito por elas. E duma vez só são abatidas várias na Estrada de Chão de Meninos. Há algo que não está certo... E alguém viu plantar alguma árvore? O abate de árvores por vezes justifica-se, mas quando se toma essa decisão há que arrancar tocos e plantar novas. Alguém viu isso suceder algures no nosso concelho?
Tenho mais fotos deste abate e de outros. Quer?
Florbela

pedro macieira disse...

Florbela,
Agradeço o seu comentário. Quanto às fotos de Chão de meninos, gostaria de as publicar, pois não consegui assistir ao seu abate, só posteriormente deparei com o resultado que está à vista...

De facto a plantação de novas árvores, em substuição das que morrem ou são abatidas parece não acontecer por estes lados. No caso das tílias do Largo 1º Dezembro, antes eram cinco, agora com o abate que aconteceu a semana passada,são duas...
Um abraço
Pedro Macieira
pedromacieira@hotmail.com

Anónimo disse...

No site dos Bombeiros descobri esta foto de 28/3/2009: http://bvsaopedrodesintra.blogs.sapo.pt/2009/03/

pedro macieira disse...

Anónimo,
Agradeço o link para a foto de S.Pedro de Sintra. Assunto a que voltarei em breve.
Um abraço