domingo, janeiro 24, 2010

Não havia necessidade...

Carrascal /Sintra

No Carrascal (fotos de hoje), localidade entre Nafarros e Cabriz em Sintra, mais um exemplo de excessos nas podas - método semelhante ao utilizado nas tílias de S.Pedro - não é necessário mais comentários!!!

Photobucket
São dezenas de árvores que foram bárbaramente "podadas", neste local, qual será o próximo???

Photobucket

8 comentários:

NS disse...

Quem é que faz estas podas? A Câmara, as Estradas de Portugal, ou alguma empresa por eles contratada?

Não se percebe.

Anónimo disse...

Nessa zona são "podadas" assim praticamente todos os anos.

Pedro disse...

Finalmente que aparece uma voz forte contra esta mutilação siatemática de árvores que podem ser lindas quando mais bem tratadas.
Consegue transformar-se uma árvore de grande nobreza num aborto torturado.

pedro macieira disse...

Ainda satisfeito com a notícia sobre os plátanos de Colares (embora haja muitos outros...), deparei hoje com este bárbaro espectáculo. Esta "poda" que amputou dezenas de árvores no Carrascal, parece ser uma prática "antiga", como me foi justificado no caso da tílias de S.Pedro -Há coisas nos nossos dias que colocam em causa hábitos antigos, parece que na C.M.Sintra, a tradição ainda é o que era...infelizmente!

No post de Sábado, transcrevia um regulamento assinado pelo Presidente Seara, que assumia regras no tratamento e preservação do património florestal perante a UNESCO. Pois a CMS, deve andar muito distraida, pois quase todos os dias são denunciados casos semelhantes, nesta Sintra, Património Mundial!!!

O blogue irá estar sem actualizações nos próximos oitos dias, mas em Fevereiro terei como prioridade ouvir responsáveis por estas barbaridades.

Abraços e a nossa vigilância talvez permita salvar ainda algumas árvores.

Pedro Macieira

Anónimo disse...

Até no fim desta semana os pinheiros da Volta do Duche (antes da Sapa) levaram um desbate ...

Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho disse...

O que passa pela cabeça de quem manda fazer isso????
Ódio pela natureza ou pelo futuro?

pedro macieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pedro macieira disse...

Falta de sensibilidade e de amor ás árvores é a única explicação.
(infelizmente não são caso único)
Obrigado pela visita