quinta-feira, janeiro 21, 2010

Pombos

Photobucket


No seguimento de um post, publicado em 29-12-2009, sobre os pombos do Jardim da Correnteza, que provocou um conjunto de comentários, sobre a existência dos pombos nas cidades - publicamos hoje uma interessante notícia do "Correio da Manhã" de 09-01-2010, sobre uma "Aldeia Columbófila", instalada num parque em Castelo Branco, com o apoio da Câmara Municipal.

Photobucket

Uma foto de 2008, obtida na Cidade Luz, em plenos Champs Elysées, com um pombo parisiense depenicando o que resta de um lanche...
pomboschampelisesf

10 comentários:

Anónimo disse...

Só vem corroborar o que disse em tempos. Estes pombos não podem ser comparados com os que habitam a correnteza.
(gostavam de ver diagnósticos dali...)
Gabriela V.

pedro macieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pedro macieira disse...

Gabriela V.
O que vem a comprovar que o problema não está nos pombos, mas nos homens.
Um abraço

Metalum disse...

Há muito que o desleixo/incompetência reina em Sintra. Quanto aos pombos da Correnteza, seguramente algo poderia ser feito pois a verdade é que, como está, é péssimo.
No caso da "casinha para pombos", em C.Branco, a questão mantêm-se: aqui em Sintra a CMS não liga ao estado das "casinhas para pessoas", quanto mais para pombos...

pedro macieira disse...

Metalum,
Os pombos ao contrário de algumas vozes, não transportam pragas. Em Sintra como noutras cidades (Paris por exemplo) os pombos fazem parte do ambiente urbano. É necessário como qualquer ser vivo ser bem tratado, e isso falta em Sintra,
Um abraço

Metalum disse...

Entenda-se: não sou contra pombos, cães, gatos e outros.
Sou contra o Homem que não encontra soluções para resolver não só este problema, como MUITOS que prejudicam Sintra e que ano após ano não têm resolução.
Obrigado e saúde!

Anónimo disse...

Metalum, o P. Maceira não entende isso acha que ao criticarmos o nojo dos pombos da Correnteza, queremos apenas exterminá-los todos... (ver posts anteriores obre o mesmo tema)
Gabriela V.

pedro macieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pedro macieira disse...

Afastado de Sintra, só hoje tenho a possibilidade de responder aos vossos comentários.

No assunto Pombos de Sintra, tratado em várias vezes aqui no blogue, tenho tido sempre em consideração o sentido dos comentários, que agradeço dos que tem participado neste assunto- mas recordo o alarmismo de determinados comentários sobre o perigo para a saúde dos humanos da coexistência com estas aves.

Só tenho pretendido apresentar que esses perigos são infundados, pois existem pombos em todas as cidades do mundo, numa coexistência pacifica.

No caso de Sintra, se a autarquia tratar devidamente dos pombos eles serão saudáveis, e beneficiarão a paisagem.

Cumprimentos

Metalum disse...

Para terminar este tema, dizer que não tenho o seu optimismo. A autarquia não irá tratar esta situação como não o faz em relação a outras. Seria maçador estar aqui a mencionar tantas situações que se arrastam ano após ano.
Apesar do meu completo desencanto, gostaria de um dia poder dizer que, finalmente, as soluções foram encontradas. Tenho muita pena de ver Sintra como está.
Obrigado e... haja saúde!