domingo, outubro 24, 2010

Adega Viúva Gomes em Almoçageme

Photobucket
O edifício da adega e escritório foi construído em 1808, pela família Gomes da Silva, oriunda da Região de Loures, que possuía grande extensão de vinha e mais tarde dedicaram-se também ao comércio de vinhos da Região de Colares.

Inicialmente os vinhos eram produzidos em Almoçageme saindo de carroça para a Praia das Maçãs, onde existia um entreposto. Eram carregados em vagonetas que seguiam atreladas ao eléctrico até Sintra, prosseguindo depois para Lisboa de comboio. Nos inícios do século XX os principais viticultores da região eram Viúva Gomes & Filhos, tendo sido distinguidos com o Grande Prémio na Exposição Mundial do Panamá-Pacífico, em 1915. Durante a Guerra de 1914-1918, enviaram vinho de Colares para consumo dos soldados que combatiam na frente francesa .

Passando por vários proprietários desde a sua fundação, a Adega e toda a existência foi comprada em 1988 pela família Baeta, estabelecida em Sintra no negócio alimentar desde 1898, proprietária de uma Adega em Sintra, tendo a sociedade comercial Jacinto Lopes Baeta, Filhos Lda. ficado na posse de toda a existência, iniciando uma nova fase de comercialização dos vinhos, criando e engarrafando novas colheitas de vinhos de Colares, de modo a restabelecer o prestígio da marca Viúva Gomes. Iniciando a recuperação das instalações com novos tonéis de madeira ficando com uma capacidade de 105.000 litros.

Photobucket
Publicado na Ilustração Portuguesa nº de 556 de 16 de Outubro de 1916

Fontes :
-1892-1992 Cem anos de Vida e História da Sociedade Recreativa e Musical de Almoçageme
-Colares de Maria Teresa Caetano
-Página da Internet da Adega Víuva Gomes da Silva

Sem comentários: