quarta-feira, março 27, 2013

Postal triste de Colares VI

 photo Platanos2013Blogue26032013_zps3e750262.jpg Foto de ontem 25/03/2013, em que se pode verificar o nível dos cortes  já efectuados nos Plátanos

Continuam na Várzea de Colares, as "podas" agressivas nos Plátanos que são a imagem paisagística daquele local. A Estradas de Portugal S.A. tem como objectivo nos próximos anos acabar com os Plátanos, só assim se justifica o nível do corte das copas agora efectuado.
 Neste momento a intervenção em curso, ainda não chegou a vez dos cortes nos centenários Plátanos em frente da Adega Regional que fazem parte do plano de mais esta intervenção - o que será um dano irrecuperável naquele património arbóreo. Tendo já a "QUERCUS" conhecimento da situação e a "Árvores de Portugal", seria obrigação da autarquia e Junta de Freguesia de Colares tomarem medidas de prevenção junto à Estradas de Portugal, de forma a protegerem este  valioso património Sintrense.

2 comentários:

Sandra Marina disse...

Mas quem é que ordenou estas "podas"?? Só pode ser para matar as arvores!

Anónimo disse...

Comparar as Estradas Nacionais actualmente como eram há 50 anos atrás é uma experiência pavorosa.
Agora é só lixo, silvas, ervas das pampas e acácias. Isto para não falar dos belos marcos em granito pintados que dantes existiam.
No Estado Novo a JAE dispunha de viveiros próprios e lá trabalhavam largas dezenas de engenheiros agrónomos e mais tarde arquitectos paisagistas.
Actualmente assiste-se, perante uma quase total passividade, ao triunfo da fealdade e de tudo aquilo que destrói e corroi.