segunda-feira, março 25, 2013

Queda de árvores durante o temporal de Janeiro aumentou o risco de incêndio na Serra de Sintra

  photo 7551701214_358e1240d9_z_zps0d5e8d10.jpg Foto de arquivo /incêndio em Monserrate em  Julho de  2012

(Notícia no Jornal da Região) : "A empresa Parques de Sintra Monte da Lua vai reforçar a vigilância nas propriedades públicas da Serra de Sintra, devido ao aumento do risco de incêndio provocado pela queda de árvores e galhos no temporal de janeiro. Segundo António Lamas, presidente da empresa que gere o património cultural que está na serra de Sintra (Palácio da Pena, Castelo dos Mouros, Palácio de Monserrate e Convento dos Capuchos), a quantidade de material combustível (árvores e galhos) que caiu durante o temporal de 19 de janeiro representa agora um risco agravado de incêndio nos períodos de maior calor.(...)"

 photo incendioUlgueira13deoutubro1911_zps3863636b.jpg Foto deb arquivo /incêndio da Ulgueira em 13 de Outubro de 2011

1 comentário:

R.Martins disse...

Vigiar ? Não seria melhor Prevenir , Limpando ? Isto só pode ser de loucos...Sabem onde está o problema e não resolvem a tempo e horas !