quinta-feira, julho 30, 2015

Queijadas de Sintra - 7ª Parte

Fábrica de queijadas da Piriquita
A fábrica de queijadas da Piriquita, surge na segunda metade do século XIX, no centro da Vila de Sintra, na rua das Padarias, local onde ainda hoje se encontra.Fundada por Constância Gomes Piriquita, que nasceu em 8 de Agosto de 1846 e faleceu em 24 de Dezembro de 1934.Terá casado aos 16 anos com Amaro dos Santos que era padeiro,e nessa altura(1862) começou o fabrico das queijadas às quais deu o nome pela qual era conhecida-Piriquita.

O Nome Piriquita era a alcunha e não apelido, e deve a sua origem ao tratamento que D.Carlos deu a Constância Gomes.


A marca Piriquita continua na mesma familia desde sempre, sendo hoje a quinta geração a fabricar as queijadas e os famosos travesseiros.



Curiosidades

José Alfredo Azevedo que era vizinho da Pastelaria Piriquita, testemunha que nos seus tempos de rapaz ” quem estava ao balcão era o segundo marido da dona da fábrica, Joaquim Gomes que atendia os clientes envergando sempre uma blusa de quadrados azuis e brancos e de boné na cabeça.”

Travesseiros, um clássico da doçaria regional de Sintra
Terá sido a filha de Constância Gomes, Luisa dos Santos Cunha, quem terá primeiro experimentado a famosa receita dos travesseiros, na década de quarenta.
Nota:Fotogramas retirados de uma reportagem vídeo de Erica Macieira sobre a Piriquita.
Post relacionados:
-Queijadas de Sintra I-Queijadas da Sapa 1ª parte-pressionar
--Queijadas de Sintra II-Queijadas da Sapa 2ª parte-pressionar
-Queijadas de Sintra III-FÁBRICA de «QUEIJADAS DO GREGÓRIO» 1ªPARTE-pressionar
-Queijadas de Sintra IV-FÁBRICA de «QUEIJADAS DO GREGÓRIO» 2ª PARTE—pressionar
-Queijadas de Sintra V-Fábrica de queijadas finas «A Mathilde»-pressionar
 
Fontes consultadas:
-Queijadas de Sintra” de Raquel Moreira
-Obras de José Alfredo Azevedo

*Nota-Reedição de post do blog de 4 de Agosto de 2007






Sem comentários: