domingo, julho 26, 2015

Queijadas de Sintra - 5ª Parte

FÁBRICA DE QUEIJADAS FINAS MATHILDE
A Fábrica de queijadas Mathilde a seguir à Sapa, é a marca mais antiga, não se conhece exactamente a data em que terá surgido, mas em 1850, já existem provas da sua existência, a sua actividade terminou em 1974.

Foto do edifício da antiga fábrica
 
Como a Sapa, esta marca começou também em Ranholas, foi fundada por Matilde Soares Ribeiro* , e aí continuou até à chegada do caminho de ferro a Sintra, nessa altura foi construído o prédio que ainda hoje existe, no nª6 da Avenida Miguel Bombarda, muito próximo das estação da CP.
Conta José Alfredo Azevedo , que “quando o Rei D.Fernando II passava em Ranholas, apeava-se com toda a comitiva e iam comer as deliciosas queijadas, acabando sempre, na retirada, por abraçar a já famosa Matilde.O mesmo acontecia com D.Manuel II..
A predilecção que o Rei-Artista tinha por esta marca era tal que ofereceu à fabricante um carimbo metálico com o nome «Mathilde», que era vincado na parte exterior do fundo de cada queijada.”

Anúncio publicado no "Jornal de Sintra" em 1942

Documento de 1953
 
Por morte de Matilde Soares Ribeiro, em 3 de Abril de 1925, o fabrico continuou com as filhas .Emília e Maria Vitória que já trabalhavam com a mãe.Após o falecimento de Maria Vitória em 30 de Agosto de 1958, a quota passou para seu sobrinho Manuel Soares Barreto, que continuou a fábrica com Emilia, sua mãe, até ao seu falecimento em 1968, a partir dessa data continuou sozinho o negócio de família até 1974, altura em que a fábrica encerrou definitivamente .

O edifício onde existiu a fábrica de queijadas Mathilde, numa visão diurna e nocturna (Foto:PedroMacieira)

*Matilde Soares Ribeiro, segundo José Alfredo Azevedo ou Matilde das Dores Ribeiro segundo Eduardo Frutuoso Gaio.

Post relacionados:-Queijadas de Sintra -Queijadas da Sapa 1ª parte-pressionar
-Queijadas de Sintra -Queijadas da Sapa 2ª parte-pressionar
-Queijadas de Sintra III-FÁBRICA de «QUEIJADAS DO GREGÓRIO» 1ªPARTE-pressionar
-Queijadas de Sintra IV-FÁBRICA de «QUEIJADAS DO GREGÓRIO» 2ªPARTE_pressionar
 
 Fontes consultadas:
-Queijadas de Sintra” de Raquel Moreira
-Obras de José Alfredo Azevedo
-Foto:PedroMacieira

*Nota- Reedição de post publicado no blog em 19 de Abril de 2007




Sem comentários: