sábado, julho 25, 2015

Queijadas de Sintra - 4ª Parte

FÁBRICA DE «QUEIJADAS DO GREGÓRIO» 2ª PARTE
-1ª Parte -pressionar

Actualmente o estabelecimento conserva o mesmo aspecto exterior que tinha em 1936(Foto:PedroMacieira)

Em 1916 , depois de dissolvida uma sociedade que entretanto tinha feito com José Ambrósio, estabeleceu-se por conta própria no Largo de Regedor em S.Pedro, denominado as queijadas que fabricava com a marca «Fábrica de Queijadas Recordação de Sintra».
Depois do falecimento de Gregório Casimiro Ribeiro o negócio das queijadas passou para seu filho Álvaro de Almeida Ribeiro, que associou à marca o nome de «Gregório». A fábrica continua nos dias de hoje com outros proprietários , na Avenida D.Francisco de Almeida.
(Foto:PedroMacieira)
A forma de publicitar e indicar o estabelecimento, passava pela figura de um policia sinaleiro, que ainda hoje está presente, e que foi utilizada como imagem de marca das queijadas, impressa nos papéis de embrulho, antes de ser substituida pela imagem que ainda hoje é utilizada no embrulho das queijadas: O Palácio da Vila e do brasão de Sintra, sob um fundo de nuvens e raios de sol.

(Foto:PedroMacieira)Agradecimentos a Valdemar Alves pela imagens cedidas

Fontes consultados:-Obras de José Alfredo da Costa Azevedo
-"Queijadas de Sintra "de Raquel Moreira
Post relacionados:
-Queijadas de Sintra -Queijadas da Sapa 1ª parte-pressionar
-Queijadas de Sintra -Queijadas da Sapa 2ª parte-pressionar
-Queijadas de Sintra III
-FÁBRICA de «QUEIJADAS DO GREGÓRIO» 1ªPARTE-pressionar

*Reedição de post do blog de 8 de Abril de 2007

1 comentário:

Anónimo disse...

Ha ali 2 fábricas agora, mas ambas da familia original (1.netos e nora, 2l,filho).