segunda-feira, maio 25, 2009

"Rio das Maçãs" referido no Brasil por causa da Quinta dos Lagos em Sintra

“Rio das Maçãs” é referido na edição de hoje, numa investigação jornalística do jornal brasileiro “Jornal Pequeno” sobre a compra através de um “offshore” sediado no Panamá, pelo ex-presidente José Sarney, da Quinta dos Lagos em Sintra.

«SENHOR FEUDAL - JOSÉ SARNEY 'ESCONDEU' DA JUSTIÇA CASTELO EM PORTUGAL

Quinta dos Lagos foi comprada no final de sua presidência, por meio de uma ‘offshore’ com sede num ‘paraíso fiscal’

Castelo, em estilo que lembra o período medieval, teria sido do presidente do Senado por pelo menos quatro anos


POR OSWALDO VIVIANI
De Sintra, Portugal

24 de maio de 2009 às 11:03

(...) Reportagem investigativa - A compra da Quinta dos Lagos e a ligação da Almonde Securities com José Sarney foram divulgadas pela primeira vez numa reportagem de autoria da jornalista Maria do Rosário Lopes, publicada, pouco tempo depois da aquisição do castelo, pela revista portuguesa "Olá", um suplemento do jornal "Semanário". O JP teve acesso à publicação na Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa.

A matéria é intitulada - como o romance policial de Eça de Queiroz e Ramalho Ortigão - "O mistério da estrada de Sintra". Nela, a repórter Maria do Rosário informa que o procurador da Almonde Securities em Portugal, na época, Carlos Aguiar, embora não tenha negado a compra da Quinta dos Lagos por José Sarney, "recusou-se a prestar maiores esclarecimentos".

A aquisição do castelo por Sarney - concretizada quando ele ainda era presidente da República - foi confirmada à repórter Maria do Rosário pela vizinhança da propriedade e por uma caseira, identificada como Maria José. Esta afirmou à jornalista que o negócio envolveu "uns brasileiros, gente importante, parece que era o Sarney". Além da reportagem da revista "Olá", o blog http://riodasmacas.blogspot.com, que descreve lugares e curiosidades de Sintra, posta há bastante tempo a informação de que José Sarney foi um dos donos da Quinta dos Lagos (buscar no google "quinta dos lagos rio das maçãs"). "Comprada [depois da morte do primeiro dono, Fernando Formigal de Morais] por um tal senhor Andersen, cônsul geral da Dinamarca, a quinta [dos Lagos] também teve como proprietários a família Sibourg e o ex-presidente do Brasil José Sarney", diz o blog. O que se pergunta é: se Sarney já negou "cabalmente" ter sido algum dia dono do castelo, por que não exigiu até hoje que a informação fosse excluída do blog? Isso para ele não representaria nenhuma dificuldade, pois já conseguiu até que a Justiça retirasse um blog do ar, no Amapá (http://alcinea-cavalcante.blogspot.com).

Cercas elétricas e cão - Para checar as informações difundidas pela revista "Olá" e pelo site "Rio das Maçãs", a reportagem do JP esteve, no dia 16 de abril, na Quinta dos Lagos, que se estende pela rua Francisco dos Santos, mas cujo portão principal fica no largo Fernando Formigal de Morais, 9. O nome do largo é uma homenagem ao primeiro proprietário do castelo (saiba mais na página 6).(...)»

-(texto completo do "Jornal Pequeno"), aqui, aqui e aqui)

Percurso politico de José Sarney:

– Deputado Federal (1956-59, 1959-63 e 1963-65).
– Governador do Estado do Maranhão (1965-1970).
– Senador da República pelo Maranhão (1971-79 e 1979-85).
– Vice-presidente da República (1985).
– Presidente da República (1985-90).
– Senador da República pelo Amapá (1991-99 e 1999-2007).
– Presidente do Senado Federal (1995-97 e 2003-05).

Posts relacionados:
-Quinta dos Lagos na Estefânea em Sintra -aqui
-A casa do primeiro Presidente da Câmara de Sintra-aqui

7 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns Pai! Até já chegaste ao Brasil,hem?

O teu blog tem um nível de interesse tão grande que até ultrapassa fronteiras...

Força! Continua assim...

Bjs

Fernando Gomes disse...

Já só falta deslindar o Freeport!...
Um abraço
Fernando Gomes

pedro macieira disse...

Os “Offshores” nos tais paraísos fiscais, agora tão criticados mesmo por aqueles que recentemente os defendiam – são deste lado e do lado de lá do Atlântico motivo de grandes dores de cabeça...

Este caso da Quinta dos lagos em Sintra, no outro lado do Atlântico parece ser já uma história antiga , remontará ao ano de 1993, e agora relançada, numa altura em existem mais histórias de castelos em discussão.
Mais uma semelhança com que se vai passando deste lado.
Vamos ver qual das histórias que termina primeiro.
Abraços

Anónimo disse...

Já era de se esperar algo como esse do Sr Sarney, uma das maiores pragas que já existiram é dominam o Brasil como se estivessemos no tempo do Império.
A sua postura de um ser "inatacável" em sua personalidade como recentemente no Congresso Nacional, tentando se justificar como cerca de 6 parentes seus que faziem parte dos quadros do Senado, recebem salário do erário público, não sendo funcionários concursados nem fazendo parte da folha de pagamentos do Senado.
Istó é uma vergonha, seu Sarney!!!!!!!!!!

pedro macieira disse...

Obrigado pelo seu comentário.Continuamos a seguir com atenção este assunto.
Cumprimentos

EDUARDO MILLER disse...

PELO VISTO, MANSÕES E CASTELOS É MANIA DE NOSSOS POLÍTICOS.
VERGONHA!!!!!!!!!!!

Luigi Amaroni disse...

Infelizmente esse é o tipo de coisa que envergonha todos nós brasileiros.Um usurpador da república,ladrão que tira o direito de milhares de marahenses e brasileiros.Deixou o Brasil na miséria quando saiu do poder, que aliás entrou de maneira estranha,pois a morte de Tancredo Neves soa até hoje como um golpe.E vindo desse tipo de ratazana,eu não duvido nada um homem que faz de tudo pelo o poder,que mesmo com tudo contra si manipula aqueles que detenhem a autoridade para prendê-lo e o fazem arquivar processos legítimos para sua cassação e prisão.O Brasil está perdido pois como ele há centenas de milhares no covil de ladrões chamado "Brasília e adjacências".

"Brasil um país de todos...Todos os políticos corruptos".