terça-feira, outubro 06, 2009

Ainda a tourada de Nafarros

Em Abril de 2009, a Assembleia Municipal de Sintra aprovou o* Regulamento de Animais do Município. que impede "espectáculos com animais  que inflinjam sofrimento físico ou psíquico, lesionem ou provoquem a morte".
Este regulamento não impediu  em 26 de Agosto de 2009, que a União Desportiva e Cultural de Nafarros, com o apoio da Junta de Freguesia de S.Martinho e  apoio de máquinas da própria CMS, promovessem uma tourada - mesmo com o parecer contrário do Gabinete Médico Veterinário, à realização daquele espectáculo.

A propósito deste assunto, publicou o Jornal de Sintra de 11 de Setembro de 2009, como publicidade paga, este texto:

Photobucket

Em Sintra não existe de facto grande tradição em festas taurinas - houve de facto uma Praça de Touros,na actual Estefânia, construída em 1887 e demolida pelo primeiro Presidente da Câmara de Sintra, após a implantação da República -Fernando Formigal de Morais .


Photobucket
Também na aldeia do Penedo, nas festas anuais do Espírito Santo, existiu a tradição de utilizar um touro/boi, e fazê-lo percorrer as ruas da aldeia numa "tourada à corda" que em seguida , com um estoque, era abatido, e esquartejado em plena via pública. A carne do animal era cozinhada e oferecida num almoço aos mais necessitados no dia seguinte.

Nos anos 80,  com alteração da legislação, essa tradição terminou, pois deixou de ser permitido o abate de animais fora dos matadouros . Aconteceu assim um avanço civilizacional, quebrando-se  tal tradição.

* O Regulamento de Animais do Município-proposta do BE, foi aprovado por maioria, apesar dos votos contra da CDU e de alguns eleitos do PS e da coligação PSD/CDS-PP

2 comentários:

jace disse...

Infelizmente, ainda existe essas práticas cruéis de touradas, rodeios e variados tipos de estupidez humanas. Em pleno século 21, temos que conviver com tamanha ignorância. Até quando, meu Deus?

pedro macieira disse...

Agradeço a sua visita e o comentário.
Um abraço