quinta-feira, dezembro 29, 2011

Bombeiros de Sintra deixam de transportar doentes não urgentes (Actualizado)

Photobucket
Comunicado das Associações de Bombeiros, via blogue "Tudo sobre Sintra"

Photobucket

De uma notícia da TSF -Aqui

Bombeiros de Sintra e Amadora suspendem transporte de doentes não urgentes a partir de dia 4

"Bombeiros de Sintra e Amadora suspendem transporte de doentes não urgentes a partir de dia 4
As dez corporações de bombeiros de Sintra e Amadora anunciaram esta terça-feira a suspensão, a partir de 4 de Janeiro, do serviço de transporte de doentes não urgentes contratado pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.
As direcções das nove corporações de Sintra e a da Amadora estiveram reunidas esta terça-feira à tarde e deliberaram «por unanimidade» suspender este serviço até que a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) «altere procedimentos» de pagamentos, disse à agência Lusa o presidente da direcção da associação de bombeiros de Agualva-Cacém, Luís Silva.
As corporações alegam que o novo Sistema de Gestão Transportes de Doentes da ARSLVT, que instituiu novas regras no pagamento desses transportes, retirou aos bombeiros a sua «mais importante receita», uma vez que provocou quebras de 70 por cento de facturação.(...)"

3 comentários:

Carlos José Santos disse...

Os abutres estão a cair em cima de tudo o que possa dar dinheiro.
Agora vão retirar, estes pagamentos às associações de bombeiros, que vão acabar por ficar asfixiadas, vão despedir pessoal, e vender as ambulâncias!
Vai ser o eclodir de empresas particulares de transporte de doentes, já há algumas!
É por aí que eles querem que seja o caminho, bem como o da saúde em geral, de futuro quem não tiver dinheiro para um seguro de saúde morre na beira da estrada.

Fatyly disse...

Subscrevo inteiramente as palavras de Carlos José Santos

Anónimo disse...

Isto é uma bola de neve, com um fim desastroso para todos, será que temos mesmo que estar num túnel sem fim?
sintrense