sábado, janeiro 28, 2012

Porque hoje é Sábado...

PGrande2012f

Carta ao Mar
Deixa escrever-te, verde mar antigo,
Largo Oceano, velho deus limoso,
Coração sempre lyrico, choroso,
E terno visionario, meu amigo!

Das bandas do poente lamentoso
Quando o vermelho sol vae ter comtigo,
- Nada é mais grande, nobre e doloroso,
Do que tu, - vasto e humido jazigo!

Nada é mais triste, tragico e profundo!
Ninguem te vence ou te venceu no mundo!...
Mas tambem, quem te poude consollar?!

Tu és Força, Arte, Amor, por excellencia! -
E, comtudo, ouve-o aqui, em confidencia;
- A Musica é mais triste inda que o Mar!

António Gomes Leal, in 'Claridades do Sul' (1875)

*Foto, Praia Grande esta semana

3 comentários:

Anónimo disse...

Assim está melhor! Tradição é tradição!
(e há uns anos era tradição a piscina ficar rebentada até meio no Inverno, essa não faz falta)
Bom fim-de-semana.
sintrense

Graça Sampaio disse...

O poema é muito bonito, mas a foto não lhe fica atrás.

Bom fim de semana!

pedro macieira disse...

Obrigado pelos comentários.
abraços