domingo, março 07, 2010

Nevoeiros & Neblinas Sintrenses

NevoeiroSerra

nevoeiroserra2

serraNevoeiro


Há um gigante na serra!
É um gigante tamanho
qu'a gente sente o gigante
mas não lhe vê o tamanho!
È tão grande o gigante
qu'a gente vê-lhe um pedaço
mas aonde o gigante acaba
já a vista não alcança.
Conhece o gigante a serra
e anda sempre escondido,
ora s'esconde no vento
ora finge que é luar
ora se mistura na terra
e muitas vezes no ar
cuida a gente que é o mar
qu'stá de longe a falar,
cuida a gente que são nuvens
que andam pia serra a passar,
cuida a gente andar na serra
e no gigante vai andar!»

Almada Negreiros (1893-1970)
O Menino d'Olhos de Gigante

10 comentários:

DOMINGOS ESTANISLAU disse...

Meu caro amigo PEDRO MACIEIRA, desde que o conheci, passei a ser um fã diário do seu blogue. Quero dizer-lhe que você é um mestre nesta arte, a forma como expõe e a fotografia, são efectivamente trabalhos artisticos. Os meus parabéns e um grande abraço. Continue!

Fatyly disse...

Um poema lindissimo a que associas as tuas fotos magníficas. Adorei este post e parabéns.

Beijos

Anónimo disse...

Sintra e os seus encantos! Parabéns.

Teresa C.

pedro macieira disse...

Lau,
Agradeço as suas palavras, e as suas visitas ao blogue.
Um abraço

pedro macieira disse...

Fatyly,
Sintra e o Almada deram uma grande ajuda.
Um abraço

pedro macieira disse...

Teresa C.
É verdade Sintra é mesmo um sítio único, e basta estar um pouco atento para encontrar os seus muitos encantos.
Um abraço

barãodalapa disse...

Nós, os que tomámos banho na Praia das Maçãs ainda no útero das nossas mães, dizemos que a Praia das Maçãs e Sintra em geral, é o local onde o Inverno passa o Verão. O nevoeiro, nosso companheiro fiel, dá às coisas uma magia especial. Particularmente quando à tarde levanta e fica um dia de sol como não há noutros lados. Parabéns pelas fotos

pedro macieira disse...

barãodalapa,
E o som produzido pelo farol do Cabo da Roca, que faz parte das nossas memórias, como o nevoeiro matinal nos dias de Verão...
Um abraço

Anónimo disse...

Mas... já repararam que esse nevoeiro matinal que nos acompanhou na infância nas manhãs de praia é cada vez mais raro?
O clima muda, mas as alterações da nossa Serra também têm muita influência.

sintrense

pedro macieira disse...

sintrense,

As mudanças climáticas são um facto, e por estes lados também as sentimos, o exemplo dos nevoeiros matinais que só nos deixavam ir para a Praia ao meio-dia é um sinal disso, mas também as estações do ano, também já não estão tão bem definidas com antes.Está nas mãos do homem não provocar mais alterações climáticas....
Um abraço