quarta-feira, março 17, 2010

O Cacho Dourado de Colares

CachoDourado1936
Em Novembro de 2009, num post sobre o antigo Rancho de Colares, fazia-se referência ao galardão "Cacho Dourado", que foi atribuído a Colares em 1936, durante a festa da Vindimária - prémio entregue em Colares no ano seguinte, pelo então Presidente da República, Oscar Carmona. Um comentário ao post de um leitor de Colares, formulava a seguinte questão:

"Onde pára o Cacho Dourado? Faz parte de algum espólio local?"

-Colocámos a pergunta à Adega Regional de Colares e obtivemos a seguinte resposta para o que parecia um enigma:

"O troféu encontra-se na posse da Adega Regional. O seu local habitual de exposição é na sala de reuniões da Adega. No entanto o troféu esteve presente na Exposição do Centenário que decorreu até Outubro de 2009, na Visconde Salreu (na 2ª vez que esteve aberta ao público)."
Hoje, por amabilidade do Sr. António Paulo da Silva, tivemos a possibilidade de fotografar o importante troféu, e provar como ele se encontra em boas mãos.
Photobucket
Artigo do Jornal de Sintra de de 11-07-1937

CachoDourado1939233
O Cacho Dourado

Festa Vindimária
Rancho de ColaresA todos os componentes da consagração da Festa da Vindimária se agradece a compostura, a disciplina o espírito de sacrificio e a elevação com que se apresentaram e exibiram em Colares, por ocasião da entrega oficial do"Cacho Dourado".
Colares 8 de Julho de 1937
Adega Regional de Colares
A Direcção
(Jornal de Sintra de 11-o7-1937)

3 comentários:

Fatyly disse...

Aprendo sempre contigo e grata por mais este momento de cultura e história que desconhecia por completo. Obrigado!

Beijos

pedro macieira disse...

Fatyly,
Obrigado pelo comentário. O ramisco,e os aspecto culturais ligados ao vinho de Colares, foram e ainda são muito importantes para a imagem desta região.Pena que nos últimos anos, por vários motivos a sua divulgação não seja mais activa.
Um abraço

Anónimo disse...

Obrigado, Pedro, por ter conseguido responder à minha pergunta.
JAIME CORVO / COLARES